28 de maio de 2021 12:48 – Brehnno GalganeTerça Livre

O analista político José Carlos Sepúlveda, durante o Boletim da Noite desta quinta-feira (27), analisou o atual esquema do Partido Comunista da China (PCCh) para camuflar a origem da Covid-19. Sepúlveda aponta que a China usar a desinformação como estratégia.

“Eu queria falar também sobre esse comunicado das autoridades chinesas [no qual acusa os EUA de politizar a investigação sobre a origem da Covid-19]. Esse comunicado é uma obra-prima do que é um regime comunista, eles são especialistas na desinformação, sempre foram. É um comunicado de desinformação. Primeiro, eles acusam os outros países de estarem querendo politizar a pandemia. Ora quem primeiro politizou a pandemia foi a própria China”, apontou o analista político.

E completou: “Médicos desapareceram, outros foram dados como mortos, jornalistas desapareceram na China, tudo isso foi branqueado, inclusive pela mídia”.

Segundo José Carlos Sepúlveda, a primeira acusação que o PCCh fez ao Ocidente foi que essa pandemia era fruto de teste de laboratórios feito por militares americanos.

“A China lançou isso, é só procurar, que vocês conseguem encontrar. Portanto, eles foram os primeiros a lançar uma suspeita como essa. Depois, eles usaram a pandemia para impor o 5G da Huawei, que foi um ato político. Eles estão pressionando países a acordos comerciais, estão politizando o uso da vacina e ameaçando países caso não tomem certas atitudes, como o Paraguai”, completou o analista político.

“Eles escarnecem do resto do mundo falando o seguinte: ‘Vocês estão nos acusando porque não conseguiram conter a expansão desse vírus’. Mas essas falhas foram em grande parte pelas atitudes chinesas, que mentiram sobre o que estava acontecendo na China. Em conluio com a OMS, tomaram atitudes que facilitaram a expansão do vírus pelo mundo”, apontou Sepúlveda.

“Todo o comunicado da China é uma verdadeira obra-prima de desinformação, de contrainformação, e isso é dado por muitos jornais como normal”, concluiu José Carlos Sepúlveda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *