20 de agosto de 2021 10:09Italo Toni Bianchi

Fernando Frazão/Agência Brasil

Ao abrir uma sessão virtual do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nessa quinta-feira (19), o ministro Luís Roberto Barroso cumprimentou  o corregedor-geral da Justiça Eleitoral Luís Felipe Salomão, pela medida que suspendeu a monetização de canais conservadores na última segunda-feira (16).

A ação aconteceu em resposta à suposta ação de combate às campanhas de desinformação, desculpa que também vem sendo defendida na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia para quebrar sigilos de canais, pessoas e perfis de direita na internet.

Na fala, Barroso também pediu que as plataformas administradoras de redes sociais impeçam o recebimento de valores pelos donos dos perfis.

No Boletim da Noite dessa quinta-feira (19) o tema foi bastante discutido, uma vez que o próprio Terça Livre tem seu nome envolvido nessas ações.

Assista aos comentários da notícia:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *